Psicologia das cores

Por: Renata Mello

girl-2696947_960_720

Foto: Pixabay
As cores estão presentes no dia a dia das pessoas compondo as paisagens naturais e os ambientes construídos. Elas interferem tanto na emoção como na razão, variando conforme o contexto cultural nas quais estão inseridas.
Esse é um tema muito instigante e é tratado no livro ” A psicologia das cores” de Eva Heller em que são discutidos os universos: subjetivo e objetivo das cores a partir de pesquisa realizada juntos aos cidadãos alemães. Se essa investigação fosse aplicada em outra comunidade, os resultados poderiam ser diferentes, pois os valores, costumes e tradições interferirem na interpretação de cada cor.
Mas independente das variações culturais, a maior parte dos indivíduos são impactados pelas cores, até algumas pessoas com deficiência visual relatam que apesar de não enxergarem sentem vibrações distintas conforme a cor refletindo diretamente nas suas percepções.
Desta forma, os publicitários, arquitetos, estilistas, artistas e demais profissionais que trabalham com a composição cromática costumam estudar com profundidade esse universo para propor projetos, produtos ou obras adequados para cada demanda.
Independente do grau de conhecimento técnico sobre o tema, cada indivíduo possui uma leitura intuitiva sobre as cores. Ao se falar na cor amarela, o que vem a mente? Muitos podem responder: o Sol. O que o Astro rei traz como simbologia? Calor, verão, alegria. Essas interpretações são compatíveis com a cor amarela. Sabendo disso, o mercado publicitário cria embalagens de protetor solar com essa cor. O setor de cervejas adota muitas vezes esta coloração em suas campanhas.
A mesma reflexão pode ser feita para as demais cores, veja o caso do verde. O verde remete a natureza, a verdura, ao natural, ao saudável. Sendo assim, empresas com a preocupação voltada a esses elementos compõem suas logomarcas com tons de verde. Além disso, essa cor também remete a tranquilidade e ao equilíbrio, sendo muito utilizada em quartos de dormir.
O azul está associado ao céu, ao infinito e a paz; o laranja ao próprio fruto, ao sabor cítrico e a diversão; o violeta a flor, ao místico e a espiritualidade. O branco no ocidente, traz a paz e o preto a sofisticação ou o luto, entre outras possibilidades.
Esse universo das cores é muito rico e não acaba nesta discussão, cabendo mergulhar em outras leituras que abram ainda mais esse horizonte. Bons estudos!!!
Anúncios

Festival: mObgraphia 2018

DSCN5609

Foto: Renata Mello, 2018

 

Por: Renata Mello
O mObgraphia 2018 é a quinta edição do festival dedicado a produção de fotografias com smartphones. Para coroar o início das atividades, na sexta (20) ocorreu no MIS – Museu da Imagem e do Som – o anúncio dos vencedores ao prêmio mObgraphia 2018* nas 6 categorias abertas: arte; documental; paisagem; preto & branco; retrato e street. 
Os convidados da noite de abertura puderam apreciar a poética visual das obras premiadas. Essas fotografias estão disponíveis para contemplação pública nos meses de Abril e Maio no MIS/SP. Vale a pena conferir!
Em paralelo ocorrerão exposições exclusivas na Biblioteca Mario de Andrade de 1 de Maio a 17 de Junho e fórum de educação visual no início de Junho neste mesmo local.
Além disso, o festival contará com a ação social: “Mobgraphia Inclusiva” promovendo oficinas nos CEUS da capital ao longo do mês de Maio, com o intuito de democratizar a prática de retratar as cenas da vida utilizando smartphones.
Com todas estas ações simultâneas, o mObgraphia via reforçar o poder dos registros fotográficos através dos celulares como uma forma importante de comunicação no mundo atual. Bora fotografar!
*Para conhecer mais sobre os vencedores do prêmio “mObgraphia 2018” veja no instagram: @renatamello.blog

Gustavo Rosa: Instituto

Por: Renata Mello

O artista plástico Gustavo Rosa, conhecido por seu valoroso trabalho no contexto da arte brasileira devido as composições cromáticas vibrantes, ineditismo na forma humorada e irreverente de expressar personagens e temas do cotidiano, faleceu em 2013.

Para perpetuar suas obras e sua memória, os familiares decidiram criar em 2016, um Instituto que leva o seu nome. A sede localizada no Jardim Paulista, abriga a antiga residência-ateliê do artista. 

O ambiente dialoga diretamente com as produções de Gustavo, apresentando um clima leve, alegre e descontraído. Ao longo da visitação é possível conhecer as diversas fases produtivas do artista através de suas pinturas e esculturas. 

Para conhecer mais, veja algumas obras selecionadas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Renata Mello, 2018

O Instituto possui inúmeras ações educativas e sociais para trazer a arte ao grande público, estando aberto de segunda a sexta das 9:00hs às 18:00hs e todo primeiro sábado do mês (11-15h). Vale a pena conferir!

 

Alta performance para Arquitetos

Por: Renata Mello

Alta performance profissional foi o tema que permeou as apresentações* da 15ª edição do evento Viva Decora Pro, que ocorreu na Cinesala da Fradique Coutinho nesta última terça (6). 

A pergunta chave das narrativas foi:

Como se destacar no mercado de arquitetura e se consolidar profissionalmente?

Esta indagação ecoou na mente dos participantes, que estavam atrás de respostas para melhorar suas práticas profissionais e consequentemente garantir acréscimo nas suas receitas.

Como conclusão dos debates é possível dizer antes do sucesso profissional é preciso almejar a alta performance pessoal. Responder sinceramente as desafiadoras perguntas: “Quem sou eu?”, “O que me move?”, “O que me motiva?” é a base do processo. Ter um propósito bem claro, para fazer os olhos brilharem faz parte deste desafio, pois as pessoas irão te contratar pelo que você acredita.

O segundo passo é a Gratidão! Agradecer por todos os desafios e conquistas, pois são as lições enfrentadas da vida que lapidam o ser e o prepara para novos estágios. Com o ato de agradecer, cria-se uma atmosfera muito positiva, propícia para o crescimento perene e verdadeiro.

O momento seguinte desta transformação pessoal é descobrir o que você faz com facilidade, quais são seus hobbies e a partir disso detectar qual necessidade do mundo você irá resolver. 

Com esta base estabelecida, fica mais claro expor suas idéias ao mundo, pois transmitirá fortemente a sua verdade e essa energia será intensa e autêntica, possibilitando criar alicerces profundos para o seu empoderamento no mundo.

O sucesso virá como consequência, através de consistência e persistência. Suas ações estarão alinhadas as suas verdades e o trabalho será sempre uma nova oportunidade para servir aos outros verdadeiramente, gerando com isso uma satisfação interior. 

A etapa seguinte após essa longa jornada interior e pessoal é o aperfeiçoamento profissional que pode passar por cursos de especialização ou mesmo um reflexão profunda sobre quais problemas o seu potencial cliente possui e como você almeja resolvê-lo.

O Viva Decora possui um manual chamado de “Ciclo de Encantamento” onde apresenta dicas importantes para além de solucionar problemas, criar um canal de comunicação ativo através das mídias sociais. Quem tiver curiosidade de ler: acesse o link.

Aos interessados em assistir os conteúdos expostos na 15ª edição do Viva Decora Pro, vejam os vídeos que se encontram abaixo.

Bons estudos!

Tudo o que você precisa saber sobre Proposta de Valor – Viva Decora PRO – 15ª edição

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=L2U99QnU8rM. Acesso em 09/03/2018

Painel “Um novo olhar sobre a decoração” – Viva Decora PRO – 15ª edição

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=5Ss5r3rhmv0. Acesso em 09/03/2018

Alta Performance pessoal – Viva Decora PRO – 15ª edição

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=-4vzStnvAxg. Acesso em 09/03/2018

 

* Apresentações:
Palestra 1: “Tudo o que você precisa saber sobre Proposta de Valor” por: Diego Simon
Palestra 2:  “Um novo olhar sobre a decoração” por: Nathália Candelária, Lufe Gomes
Palestra 3: “Alta Performance pessoal” por: Fernanda Chaud

Tendência: A busca do propósito

Por: Renata Mello

Propósito

Foto: Pixabay

Você sabe qual é o seu propósito de vida?

Esta pergunta tem ecoado na mente das pessoas que estão em busca de mais profundidade em suas atividades pessoais e profissionais. A resposta, no entanto, não está disponível nos livros ou na internet. Esses meios, sem dúvida, ajudam a traçar um panorama geral sobre o tema e incitar novos questionamentos.
A verdadeira resposta encontra-se no interior de cada um. O desafio é decifrar a voz do coração e seguir com coragem esta indicação. Para o guia espiritual Sri Prem Baba, as pistas para decifrar este enigma estão na infância. Quais atividades te faziam realmente feliz? Quais as dinâmicas você realizava sem esforço?
Já a escritora Paula de Abreu, autora do livro Escolha sua vida, dá uma dica complementar sobre este assunto. Diz que: “Nem sempre você tem que fazer exatamente aquilo que sonhava aos 5 ou 10 anos para se realizar. O que precisa é manter a essência das habilidades e metáforas representadas pelo que queria ser e descobrir como, na vida atual, pode transformar isso na sua nova realidade”.
A pergunta chave é: Como você pode contribuir para o coletivo, a partir das suas habilidades e competências? Não importa a atividade, mas o envolvimento e a intenção que desenvolve as ações. Se ao trabalhar, você sentir prazer e alegria no exercício de sua atuação e como resultado ainda contribuir com o próximo, certamente está caminhando no sentido certo.
Aos que possuem interesse sobre esta discussão ou que estão em busca de autoconhecimento, segue indicação de alguns livros:
  1. Propósito: A coragem de ser quem somos / Autor: Sri Prem Baba
  2. Escolha sua vida: Crie suas próprias regras e seja feliz sendo você mesmo / Autora: Paula de Abreu
  3. Coragem para se entregar: Aceite suas fraquezas e transforme sua vida/ Autor: Tommy Hellsten
  4. O processo da mudança: Ferramentas para ser um profissional preparado para as transformações / Autor: Robert Quinn
  5. Felicidade Interior / Vera Peiffer
  6. Flor do dia: Mensagens de amor e autoconhecimento / Autor: Sri Prem Baba
Boas leituras!

Líder Transformacional

Por:  Renata Mello

growth-453478_960_720

Fonte: Pixabay
Você já ouviu falar em líder transformacional? Robert Quinn, consultor e professor de comportamento organizacional da Michigan University Business School, aborda muito sobre este líder em sua publicação “O processo da Mudança: Ferramentas para ser um profissional preparado para as transformações“.
Em um mundo competitivo e com desafios complexos a serem enfrentados com rapidez e eficiência, a força de uma equipe empoderada e motivada pode resultar em soluções únicas e surpreendentes e neste processo o papel do líder transformacional é fundamental. Ele é o regente desta orquestra e como tal deve estimular o desenvolvimento pessoal dos integrantes e ao mesmo tempo gerar uma sintonia do grupo.
O primeiro passo que a pessoa em posição de liderança precisa dar é dedicar-se ao seu autoconhecimento. Não importa o contexto, seja conduzindo um país ou sendo um educador de uma universidade é de suma importância o líder estar fortalecido emocionalmente, fisicamente, espiritualmente e intelectualmente e com um propósito muito claro e definido da sua atuação.
Após essa viagem interior poderá resgatar a integridade do seu ser e a partir disso, estimular a transformação dos seus alunos, no caso de educadores, para que embarquem neste processo profundo, mas libertador. As ações deixam de ser voltadas aos interesses individuais e passam a trabalhar com foco real no bem-estar coletivo.
Todos crescem neste processo, pois o ambiente de trabalho fica mais aberto ao diálogo franco e o respeito cresce entre todos. Por que isso acontece? Porque há espaço para as diferenças e cada um com seu potencial e singularidade, pode contribuir sem medo de ser julgado. Como resultado, a leveza e a alegria aparecem e consequentemente o ambiente fica mais criativo e propício as soluções mais inovadoras.
O filme “Sociedade dos poetas mortos” retrata um exemplo de professor inspirador, que ensina os alunos a refletirem criticamente, despertando em cada um, suas habilidades e potencialidades. Apesar desta obra cinematográfica ser de 1989, suas lições são muito pertinentes para os novos rumos da educação e liderança governamental. Um belo exemplo de líder transformacional.
Carpe diem*!
*Aproveite o dia!

Curso:: Universo das cores na arquitetura de interiores: teoria e prática

Por: Renata Mello

colors-2971219_960_720

Foto: Pixabay

No primeiro semestre de 2018, Renata Mello ministrará o curso “Universo das Cores na Arquitetura de Interiores: teoria e prática” na Universidade Aberta do Tempo Útil da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O objetivo será instruir os alunos sobre o universo teórico e prático das cores para a aplicação harmônica nos diversos estilos de arquitetura de interiores. As inscrições estão abertas para todos os interessados maiores de 18 anos. As aulas serão terças ou quintas-feiras no período da manhã ou tarde em 16 encontros de 90 minutos. 

Valor do Investimento: 5 parcelas de R$ 160,00.

Para maiores informações: http://up.mackenzie.br/extensao/uatu/