Pintura: Dezoito

Renata Mello pinta quadros com tinta óleo desde os 12 anos. Começou com o estilo impressionista, passou para a pintura clássica e posteriormente experimentou linguagens mais livres como a da abstração.

Em 1998 foi aluna do pintor Élon Brasil, artista conhecido por retratar os negros e os índios. Nessa ocasião, Renata teve oportunidade de descobrir várias técnicas de pintura, dentre elas, texturizar a tela com cola e gesso, para posteriormente aplicar a tinta a óleo.

Uma experiência inesquecível que viveu nesse período, foi pintar um quadro a luz de velas. O fato de reduzir a iluminação, fez aguçar outros sentidos e permitiu ampliar a liberdade de expressão, aplicando as cores apenas com as mãos, sem fazer uso de pincéis.

O resultado final foi uma obra intensa, marcante e explosiva, se tornando a obra preferida de Renata. Seu nome, “DEZOITO”.

DSCN0680 b.jpg

Obra: Dezoito
Técnica: Óleo sobre tela
Artista: Renata Lima de Mello

Poesia: Caravaggio

Por: Renata Mello

Seu olhar cuidadoso,
Capta a beleza natural,
Destacando a luz e a sombra,
Da humanidade.

Talento de menino,
Aperfeiçoado no tempo,
Registra cenas autênticas,
Eternizado-as em suas pinceladas.

Modelos reais,
Compõem os seus trabalhos,
Transformando os mundanos,
Em santos.

Retrata os irretratáveis,
E mostra seus rostos,
Seus sofrimentos,
Suas dores.

Defende suas ideias,
Tem sede de justiça,
Luta com suas próprias mãos,
Sofre por isso.

Precisa fugir,
Para se preservar.
Mas sua essência,
Nunca muda.

Um nobre cavaleiro,
Que guerreia até o fim,
Deixando para trás,
O realismo de uma lágrima.