Poesia: Caçador de Estrelas

Por: Renata Mello

Foto: Pixabay

PORTUGUÊS

Na imensidão da Via Láctea;
Seu olhar está sempre a viajar;
Sua busca é por estrelas;
Aquelas que brilham sem parar.

Em seu planeta pequenino;
Às vezes se sente menino;
Mas seu jeito curioso;
Nunca o deixa temeroso.

Quando a noite amadurece;
E o show de novas luzes aparece;
Seu espírito flutua;
Visitando até a Lua.

Mochileiro das Galáxias,
Recolhe brilhos estelares;
São luzes reluzentes;
Para seu amor, presentes.

ESPAÑOL

En la inmensidad de la Vía Láctea;
Su mirada siempre viaja;
Su búsqueda es de estrellas;
Aquellas que brillan sin parar.

En su planeta tan pequeñito;
A veces se siente un niñito;
Pero su forma de ser, curioso;
Nunca lo deja temeroso.

Cuando la noche madura;
Y el show de nuevas luces aparece;
Su espíritu flota;
Visitando incluso la Luna.

Mochilero de las Galaxias,
Recoge brillos estelares;
Son luces tan brillantes;
Para su amor, regalos.

Um comentário em “Poesia: Caçador de Estrelas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s