Poesia: O viajante sonhador

Por: Renata Mello

PORTUGUÊS

Entre livros e cadernos;
Sua mente divagava;
Pelas tardes frias e solitárias;
Ele ali viajava.

Na quietude do seu quarto;
Tinha tempo de criar;
De viajar pelo Atlântico,
Pelo Índico e Além-mar.

Por sua mente curiosa;
Estudava sem parar;
Pesquisava novas culturas;
E voltava a imaginar.

Seu espírito aventureiro;
Sempre o convidava a continuar;
Desenhava muitos mapas;
Territórios novos a desbravar.

Assim o pequeno viajante;
Maravilhou-se com o mundo;
Se perdeu por seus caminhos;
E nunca mais parou de sonhar!

ESPAÑOL

Entre libros y cuadernos;
Su mente divagaba;
Por las tardes frías y solitarias;
Allí viajaba.

En la quietud de su cuarto;
Tenía tiempo de crear;
De viajar por el Atlántico,
Por el Índico y por ultramar.

En su mente curiosa;
Estudiaba sin parar;
Investigaba nuevas culturas;
Y volvía a imaginar.

Su espíritu aventurero;
Siempre lo invitaba a continuar;
Dibujaba muchos mapas;
Nuevos territorios para explorar.

Así que el pequeño viajero;
Maravillado por el mundo;
Se perdió en sus caminos;
¡Y nunca dejó de soñar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s