Futuro: Tecnologia e Colaboração

Por: Renata Mello

women-2679748_960_720

Imagem: Pixabay

Quais serão as questões que enfrentaremos em um futuro próximo? A tecnologia poderá atrapalhar nas relações humanas? Como será nossa convivência com robôs cada vez mais inteligentes?

As perguntas sobre o futuro são inúmeras, mas saber o que de fato viveremos, só os anos dirão. Se olharmos para o passado, notaremos que nos últimos 10 anos muitas coisas mudaram, os smartphones, por exemplo, surgiram trazendo facilidades de comunicação e acesso a internet antes inimagináveis. A tecnologia influenciou nossas relações humanas e continuará transformando nosso dia a dia. Mas, ao invés de afastar as pessoas poderá uni-las ainda mais.

Observar para onde os ventos da inovação estão apontando é fundamental, para se preparar para estes novos tempos. Todas as áreas profissionais serão impactadas e outras deixarão de existir. Novas formas de morar, trabalhar e nos relacionar pouco a pouco estão sendo criadas.

As habitações no sistema de Cohousing serão cada vez mais frequentes. Nelas as áreas comuns são compartilhadas e o espírito de comunidade mais acentuado. Seguindo a mesma lógica os escritórios de Coworking  também estimulam a dividir o espaço com profissionais de diversas áreas e dessa convivência podem surgir parcerias de trabalho e um enriquecimento pessoal e cultural muito elevado.

Outra tendência é do consumo colaborativo, em Portugal há uma iniciativa para reduzir o desperdício de frutas, verduras e legumes que não estão dentro das características aceitáveis pelo mercado. O projeto “Fruta Feia” recolhe os alimentos que estão fora do padrão e comercializa a preços mais populares entre os associados, que recebem semanalmente uma cesta com os produtos diversificados.

Além disso, a economia compartilhada também é uma realidade, empresas como Uber, Airbnb e Couchsurfing estão dentro desta onda. O que elas tem em comum? Transformam elementos ociosos em ativos. Condutores com carros particulares eram potencialmente motoristas que poderiam prestar o serviço de ir e vir com passageiros. A Uber viabilizou a inserção desses potenciais profissionais e alterou a dinâmica desse mercado.

Já a Airbnb conecta pessoas dispostas a alugar parte de seus imóveis a turistas ou demais interessados ativando novas formas de relações pessoais e econômicas. Por sua vez, o Couchsurfing oferece um sofá amigo sem custos a viajantes. O dono do imóvel se cadastra oferecendo esse espaço para receber sempre um novo hóspede em sua casa.  

Vale destacar, que foi através da tecnologia que essas pontes puderam ser criadas, conectando pessoas diferentes com interesses comuns. Os aplicativos de celular, encurtaram ainda mais o acesso a estas empresas.

A partir deste panorama é possível dizer que no futuro haverá mais iniciativas colaborativas integrando pessoas de diversas áreas para que juntas, possam trabalhar em um projeto ou causa comum e a tecnologia estreitará ainda mais esses contatos. O futuro será da tecnologia e da colaboração!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s